A Homeopatia e o Dia Mundial da Água

22 de março: Dia Mundial da Água


A Homeopatia e o Dia Mundial da Água

"Existe a possibilidade do uso da homeopatia no controle da qualidade da água, sanando assim uma grande lacuna existente no tipo de saneamento básico adotado onde utilizam muitos tipos de produtos químicos para torná-la mais potável à população.

A primeira pesquisa que realizei há quase 20 anos foi em Brasilia e a cerca de 3 anos atrás a Universidade Federal de Viçosa formalizou a comprovação, através de pesquisas de doutorado, esta ação bem pontual.
Cabe aos órgãos públicos encampar esta tecnologia de ponta, pois a homeopatia está mostrando de antemão, que o efeito em doses infinitesimais dos produtos químicos, a médio e longo prazo podem não ser benéficos para a população. O maior exemplo disso é o desafio que o saneamento mundial enfrenta ligado aos contraceptivos femininos na água, pois a mulher ao urinar, expele resíduos que não conseguem ser retirados no tratamento convencional e estes são consumidos em potências baixas decimais da escala homeopática por toda a população.
Em 2012, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) publicaram um relatório conjunto – O Estado da Ciência dos Produtos Químicos Interferentes Endócrinos – alertando para os possíveis riscos dessas substâncias. Isto fez com que a União Europeia esteja discutindo outros métodos de contracepção por conta do elevado uso de anticoncepcionais e o risco de contaminação das águas." 


 (Profª Eliete M M Fagundes)

Compartilhe nas Redes Sociais